Início > Notícias de Atualidade
China condenou 30 mil pessoas por crimes relacionados com direitos de propriedade intelectual
2012/12/25

Beijing, 25 dez (Xinhua) -- As cortes chinesas condenaram 29.852 pessoas por envolvimento em crimes relacionados com direitos da propriedade intelectual desde 2008, informou na terça-feira o presidente do Supremo Tribunal Popular do país, Wang Shengjun.

Até junho de 2012, os tribunais chineses receberam 20.596 casos criminais relacionados aos direitos de propriedade intelectual e, concluíram 19.691 desses, disse Wang durante uma apresentação aos legisladores durante a atual sessão bimestral do Comitê Permanente da Assembleia Popular Nacional, o principal órgão legislativo chinês.

Durante o mesmo período, 180.213 ações judiciais civis foram encerradas, incluindo 5.670 com envolvimento de parte estrangeira, de acordo com Wang.

O número de julgamentos administrativos encerrados ficou em 8.749, dos quais 1.088 foram resolvidos com a revogação de decisões governamentais, disse Wang.

Até junho, a China tinha 2.731 juízes de direito de propriedade intelectual em 420 cortes, de acordo com o relatório de Wang. Fim

Suggest to a friend   
Print