Início > Notícias de Atualidade
Importações de gás natural da China sobem em 2017
2018/01/12

Beijing, 12 jan (Xinhua) -- As Importações de gás natural da China aumentaram em 2017, depois que o governo começou a incentivar o uso de energias mais limpas.

As importações de gás natural aumentaram 26,9% em termos anuais para 68,6 milhões de toneladas em 2017, segundo dados da Administração Geral das Alfândegas (AGA).

Apenas em dezembro, a China importou 7,9 milhões de toneladas de gás natural num valor total de 19,8 bilhões de yuans (cerca de US$ 3 bilhões).

O aumento é resultado da crescente demanda nacional, em parte conduzida pela proteção ambiental, segundo Huang Songping da AGA.

A China está substituindo caldeiras a carvão por gás natural ou caldeiras elétricas para aquecimento no inverno no norte.

Mais de 4,7 milhões de famílias em 28 cidades completaram o trabalho, e 3,94 milhões delas fizeram o trabalho em 2017.

A demanda por gás natural fez com que as companhias petrolíferas do Estado olhassem para fora do país em busca de novas fontes de gás. A Sinopec tomou a liderança na exploração de gás natural liquefeito (LNG) no Alasca, segundo um acordo assinado durante a visita do presidente dos Estados Unidos Donald Trump à China no ano passado.

Suggest to a friend   
Print