Início > Notícias de Atualidade
China intensifica combate aos crimes ambientais no Rio Yangtze
2018/07/11

Procuradores públicos chineses aumentaram os esforços para processar os criminosos que causaram danos ambientais ao Rio Yangtze, em uma operação especial desde 2015.

Cerca de 47 mil suspeitos envolvidos em delitos contra o ambiente foram litigados de janeiro de 2015 até junho deste ano em 11 regiões provinciais ao longo do rio, segundo um comunicado emitido em uma reunião regional de promotores públicos na segunda-feira e terça-feira realizada em Wuhan, capital da Província de Hubei, centro da China.

As procuradorias na região alocaram mais recursos para lidar com casos criminais, civis e administrativos de delitos contra o ambiente e fizeram avançar litígios de interesse público.

As procuradorias provinciais e municipais têm que relatar os processos contra o meio ambiente ao longo do rio para a Suprema Procuradoria Popular (SPP) todos os meses para que a SPP possa melhorar as operações coordenadas na região, disse Qiu Xueqiang, vice-procurador-geral da SPP.

Qiu também incentivou as procuradorias locais a convidar profissionais da proteção ambiental para ajudar promotores públicos nos casos.

Suggest to a friend   
Print