Início > Notícias de Atualidade
China lança campanha contra topografia e mapeamento ilegais
2011/05/10

Beijing, 10 mai (Xinhua) -- As autoridades chinesas mobilizaram quase 15 mil pessoas na realização de mais de 2,2 mil operações de imposição da lei durante uma campanha nacional contra a topografia e mapeamento ilegais no ano passado, informou a Administração Estatal de Topografia e Cartografia nesta terça-feira.

A administração afirmou em um comunicado que a campanha nacional fez melhorias na ordem de mercado de informação geográfica e salvaguardou efetivamente a segurança e o interesse nacional.

Dez casos principais de topografia e mapeamento ilegais do período foram apresentados pelas autoridades.

Entre eles, um caso envolvendo um indivíduo de nacionalidade japonesa que foi preso por praticar a topografia, na Região Autônoma Uigur de Xinjiang, no noroeste da China, sem autorização do governo chinês entre 31 de janeiro e 18 de fevereiro de 2010, ato este que viola a lei chinesa.

O suspeito japonês usou um receptor GPS para obter informações de 598 coordenadas geográficas afirmando estar em excursão, e conduziu inspeção ambiental. Entre as coordenadas, 588 delas eram de Xinjiang, incluindo 85 dentro da Zona Militar de Tacheng, de acordo com o documento.

As autoridades locais multaram o suspeito e confiscaram seus dados e aparelhos.

Os outros nove casos principais envolviam companhias ou instituições locais que fizeram publicação de mapas sem autorização, destruindo as marcas de topografia ou fazendo mapeamento e topografia sem certificado legal. Fim

Suggest to a friend   
Print